RSS

quinta-feira, 28 de março de 2013

Páscoa... renovação

Feliz Páscoa


A Páscoa é uma promessa de Deus que nos renova a cada ano.
Que essa promessa da Páscoa possa
encher seu coração de paz e alegria! ,
E que seja um novo começo, de maior Prosperidade, Sucesso e felicidade.
A Art Verdi Paisagismo e Jardinagem Deseja-lhe uma Feliz Páscoa.


Ⓙʊн $øυℨℨα
Åят Ⅴ℮ґḓ☤
Ṕαїṧαℊїṧм◎, Ⓙαґḓїηα❡℮м ε Ðℯ¢øяαçãø ℉ℓ◎ґ@ʟ 

quarta-feira, 27 de março de 2013

CEAGESP é escolhida como cenário de gravação de novelas.


A CEAGESP (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) foi escolhida como cenário de gravação de duas novelas. A próxima trama das sete, da Rede Globo, “Sangue Bom”, que estréia em maio teve suas primeiras cenas gravadas no fim de fevereiro, no Mercado Livre do Produtor (MLP). As filmagens aconteceram durante a Feira de Flores e contaram com a presença da atriz e protagonista da trama Isabelle Drummond e de Marco Pigossi, que vai interpretar Bento, um vendedor de flores.
Já a Rede Record gravou cenas de abertura do remake Dona Xepa, no dia 7 de março. Foram 9 horas de gravação, montagem e desmontagem do cenário, contando com a participação das atrizes Ângela Leal, Bia Montez e Alessandra Loyola. A trama foi exibida pela primeira vez em 1977 pela Globo. Xepa é uma feirante que cria os filhos em uma vida humilde e sofre humilhações (inclusive dos herdeiros) por ser pobre.
Criado por lpisanelli

Mega interessante para nós que gostamos de flores e plantas.

Ⓙʊн $øυℨℨα
Åят Ⅴ℮ґḓ☤
Ṕαїṧαℊїṧм◎, Ⓙαґḓїηα❡℮м ε Ðℯ¢øяαçãø ℉ℓ◎ґ@ʟ

quarta-feira, 20 de março de 2013

Relato pessoal da 1ª tattoo...tatuagem

Várias vezes eu me pegava olhando encantada para pessoas tatuadas. Gostava sempre dos desenhos mais chamativos, como um braço todo tatuado estilo maori, ou um mega desenho nas costas com dragões ou tribais, ou até mesmos as mais simples, como flores, borboletas, estrelas... 
Me perguntava: "O que aquelas pessoas fizeram para suportar as dores e ter aquela arte no corpo?"
Sempre achei que nunca faria... imaginar ter que suportar agulhas me rasgando já dava calafrios na espinha... tatuagem era para os fortes e corajosos... era uma arte muito longe da minha realidade... muito longe daquilo que menos queria sentir na minha vida - DOR.
A minha primeira tentativa foi bizarra. Lembro o meu desespero dentro da galeria do Rock (centro de Sampa) quando a dona da loja estava desesperadamente em busca de um tatuador freela do prédio, só pelo fato de não perder uma cliente. Pois o tatuador da loja estava iniciando uma mega tattoo em outra cliente. Tive tanto medo naquele dia, mas tanto medo, comecei a soar frio, comecei a ter palpitação e pedi tanto pra Deus que a dona da loja não conseguiu achar o freela do prédio. Saí da loja com minha prima que nem olhei para trás.
A vontade de ter sempre me acompanhou e nessa última semana entrei em outra loja perto de casa e o tatuador Robson me incentivou. Minha mãe estava comigo e na maior torcida para eu fazer. Sei lá, mas quando temos a mãe por perto, parece que o lance rola naturalmente.
Por ser minha 1ª vez eu estava bastante apreensiva e continuei questionando sobre a dor. O Robson foi muito paciente comigo e me disse que a dor era "suportável". Ele também me avisou que depois de feita, logo logo eu iria querer fazer outra e mais outra e mais outra...

Para aqueles que querem saber qual é o tamanho da DOR, digo: "A dor é comparada à de uma agulha que está sendo inserido levemente em sua pele e arrastado de um lado para outro dentro de sua pele. Como Robson disse, é suportável, mas não é a melhor sensação do mundo.
 
Aviso: Tatuagens são realmente viciante.
 
Tanto é assim que eu vou voltar para o meu segundo ainda nessa semana. :)

 

Ah, esqueci de falar que escolhi o pé para fazer a my first tattoo. Todo mundo diz que essa era uma das partes do corpo que mais dói. Escolhi justamente pra perder logo o medo e acho que funcionou. E o tema não poderia ser outro - flores e borboleta. Agora a natureza tá na minha pele para sempre (nossa, profundo isso, rsrsrs). 
Borboletas vivem intensamente o seu dia, pois elas sabem que a vida é curta... muito curta. #ficaadica



Ⓙʊн $øυℨℨα
Åят Ⅴ℮ґḓ☤
Ṕαїṧαℊїṧм◎, Ⓙαґḓїηα❡℮м ε Ðℯ¢øяαçãø ℉ℓ◎ґ@ʟ


sexta-feira, 8 de março de 2013

08 de março... Dia Internacional da Mulher... a violência contra as mulheres nunca é aceitável, nunca desculpável, nunca tolerável.


Ei Mulher... É hoje hein... Dia Internacional da Mulher... O nosso e tão exclusivo dia para comemorar e nos orgulhar por ser mulher.
Em um passado, não tão longe, tivemos que dar nossa cara a tapa para promover e proteger todos os nossos direitos iguais na sociedade..
Eu disse "tivemos" no sentido generalizando o nosso grupo feminino, mas o mérito com certeza foi para todas AQUELAS e "aqueles" que promoveram a campanha em 1945.
A ONU (Organização das Nações Unidas) destacou medidas legais, mobilizou opiniões públicas e ações internacionais para dar assistência aos grupos desfavorecidos.
Embora vivemos em um país livre aonde podemos "ir e vir", sabemos que a violência contra a mulher está longe de acabar. 
Todos em uma única ação... Acabar com a violência contra as mulheres

Abaixo quero citar uma frase do secretário da ONU:

"Há uma verdade universal, aplicável a todos os países, culturas e comunidades: a violência contra as mulheres nunca é aceitável, nunca desculpável, nunca tolerável."



 Parabéns... a todas.
 
Ⓙüℌ $☺ʊℨℨ@
Ѧґ⊥ Ṽεґⅾ☤
www.artverdi.com.br